Esta semana, o telefone tem tocado sem parar.

Sei que serias capaz de me fazer querer atender aquele telefone.

Sabes como?

Liga-me.

Para de mandar alguém fazê-lo por ti.

Liga-me.

A espera é sempre mais morosa do que gostaria, mas que fique aqui firmemente decidido: se não fores tu a ligar, prefiro que o mundo permaneça amordaçado e que o silêncio seja o som mais intenso que eu volte a ouvir.

Tenho saudades dos teus telefonemas.

Liga-me.

Veja o vídeo que criei sobre o capítulo 34 do livro:

Nunca deixe nada por dizer... Partilhe!

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on tumblr
Share on linkedin
Share on print

O que procura?

Faça Parte do meu Grupo Exclusivo

BÓNUS: Após o registo, todos os membros deste grupo recebem gratuitamente 4 capítulos (em PDF) dos meus romances “A Perda” e “Trocada por outra”.

Siga-me no Facebook

Produtos

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade.